quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Calmantes naturais

Se está a passar por uma situação que a ultrapassa e vê que o seu nervosismo aumenta e se sente dominada pela angústia, saiba que há plantas que são capazes de melhorar a sua situação, sem ter que recorrer a calmantes artificiais, com os seus efeitos secundários indesejáveis.

A tília, a erva-cidreira e a flor de laranjeira são calmantes naturais e suaves para os nervos. Tranquilizam, equilibram as emoções e ajudam as pessoas que sofrem de insónia ou têm dificuldades para adormecer a conciliar o sono.


Chá de laranjeira

Ingredientes

1 saqueta de chá de laranjeira

1 chávena de água fervente

Mel de laranjeira

Preparação

Coloque a saqueta de chá de laranjeira numa chávena e acrescente a água a ferver. Deixe repousar durante 3 a 5 minutos, retire a saqueta da água e adoce a gosto com mel de laranjeira.

Utilização

Beba ainda morno.

Chá de tília

Ingredientes 

1 saqueta de chá de tília

1 chávena de água fervente

Mel

Preparação

Coloque a saqueta de chá de tília numa chávena e acrescente a água a ferver. Deixe repousar durante 3 a 5 minutos, retire a saqueta da água e adoce a gosto com mel.

Utilização

Beba ainda morno.

Chá de erva-cidreira

Ingredientes

1 saqueta de chá de erva-cidreira

1 chávena de água a ferver

Mel

Preparação

Coloque a saqueta de chá de erva-cidreira numa chávena e acrescente a água fervente. Deixe repousar durante 3 a 5 minutos, retire a saqueta da água e adoce a gosto com mel.

Utilização

Beba ainda morno.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Antenas e ondas eletromagnéticas: são prejudiciais?

As ondas eletromagnéticas estão por todo o lado. Os fornos microondas, computadores, telemóveis, redes wifi e muitos outros aparelhos que usamos todos os dias emitem ondas eletromagnéticas. E apesar de estar provado que estes aparelhos podem causar perturbações em algumas pessoas mais sensíveis, continuamos a usá-los. E não podemos passar sem eles. Enjoos, náuseas, dores de cabeça, picores, etc. , são alguns dos sintomas da hipersensibilidade eletromagnética. Para os prevenir e melhorar a nossa qualidade de vida, devemos limitar ao máximo a nossa exposição a cada fonte de radiação eletromagnética.


1- Examine bem o lugar onde dorme já que quando o seu corpo está em repouso é quando está mais vulnerável. Enquanto repousa, o seu corpo segrega uma série de substâncias vitais para o correto funcionamento do seu organismo, como a hormona melatonina (responsável pela estimulação do sistema imunológico e limpeza de radicais livres, por exemplo), que se pode ver afetada se você estiver submetida a radiações.

2 - Procure situar o seu estúdio ou mesa de trabalho num lugar da casa com pouca radiação.

3 - Os alimentos ricos em melatonina, como as nozes e o cacau, e em triptófano, como a banana, podem ajudá-la a recuperar o equilíbrio perdido. Também os alimentos ricos em ácidos gordos ómega-3, como o óleo de linho, e em enxofre, como o alho e o requeijão, melhoram a circulação sanguínea e ajudam a diminuir as dores de cabeça associadas.

4 - Os metais pesados (mercúrio, chumbo, cádmio...) que se acumulam no nosso corpo com os anos e que vêm de alimentos contaminados, amalgamas na boca ou de tubagens antigas que transportam a água que bebemos todos os dias, podem aumentar a sensibilidade às radiações (os metais são bons condutores da eletricidade). Para ajudar a expulsar do organismo estes produtos tóxicos é boa ideia consumir algas chlorella, alhos e coentros.

5 - Troque as roupas sintéticas, que favorecem a eletricidade estática, por tecidos de origem natural, como o linho ou o algodão.

6 - Use sempre sapatos com solas de couro. Sentirá um bem-estar imediato. Pelo contrário, as solas plastificadas isolam-na do solo e favorecem o aumento da voltagem corporal.

7 - Evite utilizar o telemóvel dentro de estruturas metálicas (carro, comboio, elevador...) e em lugares com pouca cobertura de rede, pois é quando ele emite com a potência mais alta e portanto com uma radiação maior.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Pastilha elástica: faz bem ou faz mal?

Quem nunca mascou uma pastilha elástica ao menos uma vez na vida? Provavelmente já todas nós nos divertimos a fazer e a rebentar bolinhas coloridas. E, na verdade, mascar pastilha elástica não faz bem nem mal, desde que esse costume não se torne num vicio diário.

Então, confira aqui as vantagens e as desvantagens deste doce tão divertido, que existe em centenas de cores e sabores.


Vantagens

Um calmante contra a ansiedade pela comida: se está a dieta, ou já tem muita fome mas ainda não pode comer, a pastilha ajudá-la-à a acalmar a ansiedade pela comida. Mesmo que não esteja a comer verdadeiramente, o seu corpo vai pensar que sim está a comer, o que faz com que sinta certa sensação de saciedade. Como é óbvio, isto não é algo que deva fazer o tempo todo, mas em situações pontuais, quando começou uma dieta e quer evitar comer demais, ou quando tem que aguentar ainda um pouco até poder ir jantar, em situações assim, mascar pastilha pode ser um truque válido.

Para controlar o nervosismo: quando está em época de exames, a pastilha elástica pode ser uma boa aliada para acalmar o nervosismo prévio, já que é uma maneira de expulsar os nervos para longe de si e poder concentrar-se no estudo.

Contra o mau hálito: depois de uma refeição abundante e muito condimentada, e se não pode lavar logo os dentes, uma simples pastilha de hortelã pode ajudá-la a refrescar o hálito. 

Desvantagens

A pastilha elástica não é um alimento e por isso não é boa ideia abusar dela. O facto de enganar o estômago, fazendo-o crer que está a comer, pode acalmar momentaneamente a sensação de fome, mas também faz com que entre ar no estômago, causando gazes, acidez e irritação intestinal.

O facto de mascar pastilha constantemente pode causar desgaste nos dentes molares, já que se trata de uma ação repetitiva durante vários minutos. 

Não há dúvida que as pastilhas elásticas são uma delicia e que fazer bolas pode ser muito divertido, mas não exagere. Tudo tem os seus limites. Como último conselho, lembre-se que também para mascar há momentos oportunos. Não masque pastilha elástica durante as refeições, nas aulas ou num ambiente formal. Se as pastilhas lhe servem para libertar os nervos, masque antes.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

Remédios caseiros contra as verrugas plantares

Uma verruga plantar pode ser muito incómoda e até dolorosa. Para a curar, existem alguns remédios caseiros, simples e muito eficazes. Descubra a seguir dois remédios anti-verrugas das nossas avós e diga adeus a essa verruga plantar que tem vindo a amargurar a vida do seu pé.


Remédio 1

Ingredientes

Cascas de banana
Compressas

Utilização

Coloque um pedacinho de casca de banana (lado interior branco) sobre a verruga. Mantenha-o no lugar com a ajuda de uma compressa. Mude a casca de banana e a compressa todos os dias. Repita o tratamento até que a verruga desapareça.

Remédio 2

Ingredientes

Cascas de limão
Vinagre branco
Frasco de vidro com tampa
Compressas

Preparação

Coloque as cascas de limão no frasco de vidro e acrescente vinagre branco até cobrir. Deixe macerar a mistura durante 2 dias.

Utilização

Besunte a verruga com o líquido obtido. Em seguida, coloque um pedacinho da casca de limão macerada (parte branca) sobre a verruga. Mantenha-o no lugar com a ajuda de uma compressa. De manhã retire a compressa e lave o pé. Repita o tratamento todas as noites, até que a verruga desapareça.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Chá de carqueja para emagrecer, limpar a pele e muito mais...

A carqueja, também conhecida como flor-de-carqueija, é uma planta medicinal muito usada para tratar a constipação e transtornos digestivos. O seu nome cientifico é Baccharis trimera e é muito comum em zonas montanhosas, como a Serra da Estrela. Para além do seu uso medicinal, esta planta também foi usada antigamente como forragem para o gado, sobretudo durante o inverno, e como combustível para os fornos de pão, por ser altamente inflamável.


As suas flores são comestíveis e é famoso em Portugal o tradicional arroz de carqueja.

Propriedades da for de carqueja

Limpeza do organismo: a carqueja é uma planta diurética com extraordinárias capacidades para manter o corpo limpo e, portanto, saudável.

Emagrecimento: o chá de carqueja é muito útil para emagrecer já que, ao purificar o organismo, ajuda o corpo a livrar-se da gordura em excesso.

Colesterol: devido às suas propriedades depurativas, o chá de carqueja também é recomendado para baixar o colesterol alto e os triglicéridos.

Pele saudável: um organismo limpo é sinónimo de uma pele bela e sã. A infusão de carqueja ajuda a tratar acne, pele seca e apagada, erupções, etc.

Problemas de fígado: uma das maiores virtudes do chá de carqueja é a sua ação benéfica sobre o fígado. Se sofre com cólicas biliares ou secreção insuficiente da bílis beba infusão de carqueja.

Rins saudáveis: a carqueja é uma planta com propriedades diuréticas e por isso muito recomendada para purificar os rins.

Estômago em ordem: a infusão de carqueja é muito eficaz para manter o estômago em boas condições. Tome antes de uma refeição copiosa para auxiliar a digestão.

Alergias: num organismo limpo não há lugar para alergias.  Se evitar chocolates, enchidos, açúcar refinado e outros alimentos que causam alergias e tomar infusão de carqueja, verá como as alergias vão rapidamente por onde vieram.

Elixir da juventude: em alguns lugares do mundo o chá de carqueja é usado para manter a juventude e prolongar a vida.

Circulação sanguínea: o chá de carqueja promove uma boa circulação do sangue.

Parasitas intestinais: uma boa infusão de carqueja ajuda a eliminar os parasitas intestinais.

A carqueja tem também ppropriedades anti-reumáticas, anti-sépticas e pode ser usado externamente para limpar feridas e outras afeções da pele.

Infusão de flor de carqueja para purificar o corpo e emagrecer

Para purificar o fígado e facilitar a eliminação adequada de toxinas e gordura acumulada, prepare esta infusão.


Ingredientes

1 colher (de sopa) de flor de carqueja
1 l de água

Preparação

Leve a água ao lume e quando começar a ferver acrescente a carqueja. Deixe ferver durante 5 minutos, retire e deixe repousar durante 5 minutos mais. Coe.

Utilização

Beba duas chávenas da infusão por dia, uma em jejum e outra antes de se deitar.

Nota: grávidas e mulheres que amamentam não devem beber o chá de carqueja.

segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

5 remédios naturais que encontra na sua cozinha

De certeza que no armário da sua cozinha tem café, chá ou pimenta. Mas sabia que pode usar estes produtos para curar alguns dos seus incómodos habituais? Dores de cabeça, aftas ou picadas de insetos: descubra quais são os ingredientes mágicos que deve ter sempre à mão.

Picadas de insetos: Vinagre branco

Todos os meses de verão é a mesma coisa: as picadas de melga ardem-lhe terrivelmente e não tem à mão nenhum creme que as possa acalmar de forma eficaz. Neste caso o vinagre branco é a cura ideal para si: rico em acido acético, consegue acalmar o prurido em minutos.


Remédio: em caso de picadas de insetos, embeba uma compressa em vinagre branco e aplique-a durante alguns minutos na zona afetada. Repita 2 ou 3 vezes por dia.

Aftas: saquinhos de chá

As incomodativas aftas! Abusou das nozes e agora tem aftas na boca? Socorra-se do chá. Os taninos do chá (especialmente os do chá verde) têm efeitos adstringentes que secam as aftas na sua boca, aliviam a dor causada pelas lesões e aceleram a cura.


Remédio: mergulhe um saquinho de chá em água, esprema-o ligeiramente e, em seguida, aplique-o diretamente contra a afta. Deixe atuar durante alguns minutos. Repita diariamente até que a afta desapareça por completo.

Dores: pimenta de caiena

A pimenta de caiena ajuda a acalmar as dores. Porquê? Porque contém um ativo chamado capsaicina que possui um efeito analgésico que permite atenuar as dores articulares (artrose...) e algumas dores musculares.


Remédio: misture 1 colher (de chá) de pimenta de caiena com 1 colher (de chá) de óleo vegetal. Mexa bem, aplique a mistura sobre a zona dolorida e coloque uma gaze em cima. Esta é a melhor compressa quente 100% natural que ajuda a acalmar a dor.

Nota: no fim, não se esqueça de enxaguar bem a zona com água morna e de aplicar o seu hidratante habitual, para evitar que a pele se resseque em excesso.

Dores de cabeça: café

Normalmente pensamos que o café provoca dores de cabeça, mas afinal... é o contrario. Vários estudos demonstraram os efeitos analgésicos da cafeína. Um cafezinho pode ajudá-la a acabar com a sua dor de cabeça. Simples assim.


Remédio: beba um café bem forte, de preferência sem açúcar nem leite e, se possível, antes das 16 horas.

Azia: bicarbonato de sódio

Sabia que o bicarbonato de sódio alimentar é o remédio perfeito para superar a azia? Graças ao seu PH elevado, o bicarbonato de sódio ajuda realmente a neutralizar o ácido clorídrico responsável pelo ardor. 


Remédio: dissolva 1 colher (de chá) de bicarbonato de sódio num copo de água. Beba em seguida.

Nota: porém, não abuse deste remédio simples. Use-o com parcimónia, apenas em situações pontuais, para evitar fragilizar o equilíbrio ácido-base do estômago.

sábado, 6 de dezembro de 2014

Truques de beleza e saúde com Sal de Epsom

O que é que queimaduras de sol, lábios secos ou picadas de insetos têm em comum? Tudo isso pode ser tratado com sal de Epsom. Composto de magnésio e sulfato, o sal de Epsom é um produto natural que pode ser usado para tratar desde a pele seca  ao inchaço dos pés.


Mais volume para o cabelo

Acrescente sal de Epsom ao amaciador e ajude a libertar o seu cabelo do excesso de óleo, deixando-o mais solto e com um volume extra. Crie o seu próprio volumizador caseiro, misturando sal de Epsom e amaciador em partes iguais. Aplique nos cabelos depois de lavados e deixe atuar durante 15 minutos. Enxagúe bem com água morna. Repita este tratamento uma vez por semana.

Alivio para as queimaduras de sol

As propriedades anti-inflamatórias do sal de Epsom tornam-no adequado para aliviar a irritação das queimaduras de sol (leves). Misture 2 colheres (de sopa) de sal de Epsom com 1 copo de água. Verta a mistura numa garrafa com spray e pulverize sobre a zona afetada.

Solução para os lábios secos

Se os seus lábios estão muito secos, ofereça-lhes um tratamento à base de sal de Epsom. Combine 1 colherzinha de sal de Epsom com 1 colherzinha de vaselina. Aplique a mistura nos lábios e esfregue delicadamente. O preparado ajuda a remover as pelezinhas secas e deixa os lábios mais hidratados, plenos e saudáveis.

Pedicure em casa

Cuide dos seus pés em casa com a ajuda do sal de Epsom. Misture 1/2 chávena de sal de Epsom numa bacia com água morna e sabão. Amoleça os pés durante alguns minutos, esfregando-os suavemente dentro da água. Depois, corte as unhas e empurre as cutículas. Volte a meter os pés na água mais alguns minutos, retire e seque-os bem. As propriedades do sal de Epsom  vão ajudar a suavizar a pele áspera e calejada, deixando os seus pés suaves e frescos.

Remédio para as picadas de insetos

Alivie a dor e o inchaço de uma picada de inseto usando uma compressa anti-inflamatória de sal de Epsom. Misture 2 colheres (de sopa) de sal de Epsom com 1 copo de água fria e mergulhe um pano de algodão na solução. Aplique a compressa na área afetada. Sentirá alivio imediato.

Limpeza facial profunda

As propriedades esfoliantes do sal de Epsom ajudam a limpar profundamente os poros. Para uma limpeza facial, misture 1/2 colher (de chá) de sal de Epsom com uma pitada de creme de limpeza. Aplique no rosto com movimentos circulares, lave com água fria e seque bem.

Sais de banho caseiros

Diga adeus aos sais de banho  caríssimos. A partir de agora pode fazer os seus próprios sais de banho misturando 2 chávenas de sal de Epsom com algumas gotas de corante alimentar e umas gotas do seu perfume preferido. Guarde num frasco de vidro e use uma mão cheia da mistura para cada banho.

Esfoliação corporal

Para uma esfoliação do corpo combine 2 chávenas de sal de Epsom com 1/4 de chávena de vaselina. Esta mistura funciona bem em peles muito secas e difíceis. Se quiser, acrescente à mistura umas gotas de colónia de lavanda, para uma sensação mais agradável.

Inchaço e outros problemas nos pés

A capacidade do sal de Epsom para reduzir o inchaço e aumentar a circulação faz com que seja um tratamento ideal para uma série de problemas relacionados com os pés: dores nas articulações, pés inchados, fungos nos pés e maus cheiros podem ser melhorados mergulhando os pés durante um quarto de hora num banho de pés com água quente e sal de Epsom.

Nota: está desaconselhado o uso de sal de Epsom em mulheres grávidas e pessoas com doença renal.

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

Massagem redutora em casa

Quem não gosta de uma deliciosa massagem? Uma boa massagem pode ajudar a relaxar o corpo e a mente, a aliviar dores e até a perder peso. Sim, uma massagem redutora pode ajudá-la a reduzir essas gordurinhas das quais não se consegue ver livre, apesar da dieta e do exercício.

Como funciona a massagem redutora?

Através do calor, o movimento das suas mãos e o creme que aplicar, a massagem pode servir-lhe tanto superficialmente (para eliminar a celulite e atenuar as estrias), como interiormente, para melhorar a digestão, eliminar toxinas e reativar o seu metabolismo.

Do que é que precisa para fazer uma massagem redutora em casa?

Precisará de um pouco de creme hidratante ou creme redutor. Também irá precisar de um pouco de álcool medicinal, uma esponja suave e música para criar ambiente. Assim a experiência será mais agradável e relaxante.


Como fazer a massagem redutora?

Para começar, molhe um algodão em álcool e limpe suavemente a pele da zona que vai massajar, para eliminar a sujidade, a gordura e o suor.

Com as mãos ou com uma esponja suave, massaje a zona com movimentos circulares pequenos, no sentido dos ponteiros do relógio. Faça-o durante 10 minutos. Quando terminar, volte a passar delicadamente um algodão com álcool pela zona, para eliminar possíveis camadas de células mortas que se tenham desprendido.

Aplique o creme redutor e massaje em sentido circular. Faça movimentos de baixo para cima para que o creme penetre e se ative a circulação sanguínea. Faça-o durante 10 minutos.

Lembre-se: não é por aplicar mais creme que vai reduzir mais centímetros. O segredo está na massagem, na maneira como a faz e na constância que mantiver.

Dê palmadinhas na zona, sem provocar dor, durante cerca de 10 minutos. Isto provocará uma contração muscular que ajudará a queimar gordura e a tonificar a pele. 

Termine a massagem com um banho quente de poucos minutos, que finalizará com uma enxaguadela rápida de água fria.

Acompanhe a massagem redutora de uma alimentação saudável e exercício físico regular e notará os resultados.

quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

Botox em creme para o rosto (e máscara caseira com efeito botox)

"Odeio as minhas rugas". "As rugas na minha testa são tão grandes que parecem persianas a abrir e a fechar". "Isto não são pés de galinha, são garras de águia". "As linhas na minha cara fazem-me parecer um basset". "Estas linhas profundas no meio das sobrancelhas parecem carris".... Revê-se em alguma destas frases? Sim? Então este post é para si.

Está farta das suas rugas, quer que elas desapareçam, mas já não sabe mais o que fazer ou que creme conhecido ou desconhecido usar e o botox é demasiado caro? Calma! A ajuda já vem a caminho. Finalmente existem cremes que são como o botox num frasco. Interessa-lhe?

Mas primeiro: Porque é que o botox é tão eficaz?

O botox é eficaz porque é uma neurotoxina que paralisa o músculo. O músculo não se consegue contrair e não consegue dobrar a pele (o que causa a ruga). Logo, a pele fica mais lisa. Portanto, ainda bem que o botox é tão eficaz, mas é uma injeção e é caro. Por isso precisamos de alternativas e elas existem.

As áreas mais tratadas com o botox são "os onzes": as rugas entre as sobrancelhas, a testa e os pés de galinha. O botox funciona de três formas: paralisa os músculos faciais, preenche a pele solta e alisa a superfície da pele. Ora existem cremes que fazem quase o mesmo que o botox faz e sem ter que ir ao médico.

A coisa mais parecida com o botox chama-se AGAB. O que é o AGAB e como se utiliza? AGAB significa ácido gama-aminobutírico. Atua sobre os neurotransmissores dos músculos dizendo-lhes para se acalmarem e descontraírem, para não se contraírem tanto. Dá à pele um aspeto mais suave e liso. Como se tivéssemos feito botox.

Estes cremes são muito fáceis de aplicar (veja: aplicar, não injetar; é um creme, não uma injeção). Aplica-se o equivalente a uma ervilha de creme nas zonas problemáticas. Começa por usar-se uma vez por dia, para garantir que a pele vai reagir bem. Depois pode aumentar-se a aplicação para duas vezes por dia. Trata-se de cremes acessíveis e fáceis de encontrar. Os que conheço são os favoritos e recomendados pelo programa do Dr Oz (bem estudados e de reconhecida qualidade):


Dr. Brandt Crease Release


Dr. Dennis Gross Hydra-Pure Firming Cream

Botox num frasco para dar firmeza à pele solta: Matrixyl e Dermaxyl

O que são e como funcionam? 

Ao contrário dos produtos AGAB, que atuam sob as áreas problemáticas, estes produtos podem ser usados em todo o rosto para alisar e dar firmeza à pele. São também acessíveis e muito fáceis de encontrar. Estes dois ingredientes ativos estão presentes em muitos cremes. Procure-os no topo da lista de ingredientes.

Máscara caseira efeito botox

Mas se o que procura é mesmo uma solução caseira e natural para tratar as rugas e dar firmeza à pele, também existem algumas máscaras com efeito botox que pode fazer em casa. Veja uma sugestão.


Ingredientes

1/2 banana (bem madura)
1 colher (de sopa) de iogurte natural
1 colher (de sopa) de mel

Preparação

Amasse a banana com um garfo. Acrescente o iogurte e o mel e mexa bem para obter um preparado homogéneo. 

Utilização

Aplique a mistura no rosto limpo e deixe atuar durante 15 minutos. Enxagúe com água fria.

O acido láctico do iogurte vai remover as células mortas e promover a renovação da pele e o mel é um excelente hidratante natural.

terça-feira, 2 de dezembro de 2014

Receitas caseiras para branquear os dentes

Cative todos com um sorriso deslumbrante com estes truques para branquear os dentes de forma simples e natural.

São muitos os fatores que podem contribuir para que os seus dentes comecem a ficar amarelados, desde os maus hábitos de higiene a fatores genéticos. Hoje em dia existem várias técnicas profissionais que permitem apagar rapidamente um desagradável sorriso amarelo e deixar os dentes branquinhos como a neve. Mas se é amante do natural, os truques da avó também lhe podem dar uma ajudinha. Confira.

Felizmente também as receitas caseiras, ainda que de forma mais lenta, podem contribuir para um sorriso mais branco e cintilante. Aqui ficam três opções para que possa escolher a que mais lhe agradar.


Sorriso de banana. Este procedimento é muito fácil. A única coisa que precisa é uma casca de banana. Lave os seus dentes como habitualmente. Corte a casca da banana (limpa) em tirinhas e esfregue (delicadamente, não exagere na força) os seus dentes com a parte interior da mesma. Deixe atuar durante 5 minutos e enxagúe bem. Por fim, volte a lavar os dentes. Repita este tratamento regularmente e pouco a pouco começará a notar os resultados.


Pasta de morangos. As propriedades branqueadoras desta fruta surpreendê-la-ão. O único que precisa de fazer é esmagar 2 morangos até obter uma pasta. Em seguida, empape nela a escova de dentes e escove os seus dentes. Deixe atuar durante 10 minutos e depois enxagúe bem, verificando que não fica nenhum resíduo nos dentes, para evitar futuros problemas de cáries. Repita este tratamento 2 vezes por semana. Aos poucos começará a notar os resultados.


Bicarbonato de sódio.  O bicarbonato de sódio é usado desde há muito como branqueador caseiro de dentes, sobretudo porque os resultados são visíveis em pouco tempo.  Para experimentar os seus benefícios o único que tem que fazer é misturar 1 colherzinha de bicarbonato de sódio com 1 colherzinha de água e formar uma pasta. Use-a para lavar os seus dentes como se fosse uma pasta normal. Enxagúe bem e pronto.

Contudo, apesar da popularidade deste truque, aconselho-a a não abusar do bicarbonato de sódio para lavar os dentes, já que o mesmo pode ser algo agressivo para o esmalte. Repita este procedimento apenas ocasionalmente, como tratamento especial.

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

Tratamento caseiro para a rosácea

A rosácea é uma doença da pele que causa vermelhidão e rubor facial. Saiba mais sobre o problema.

Os sintomas da rosácea:

- Vermelhidão e rubor na zona central do rosto (testa, nariz, faces e queixo), que pode ser temporária ou persistente.

- Pústulas que se podem assemelhar a acne e conter pus.

- Vasinhos na face que não desaparecem.

- Espessamento da pele do nariz que pode fazer o nariz parecer maior.

- Pálpebras irritadas e avermelhadas.

- Ardor ou sensação de picadas na pele.

Os sintomas podem piorar com a exposição ao sol, stress emocional, tempo quente, vento, exercício físico pesado, álcool, banhos quentes, clima muito frio e alimentos picantes.

As causas da rosácea:

Pensa-se que o rubor e vermelhidão da pele associados à rosácea se devem a um aumento do número de vasinhos sanguíneos junto à superfície da pele, o que gera um aumento do fluxo de sangue à superfície do rosto. A causa deste problema é desconhecida, mas pensa-se que pode dever-se a uma resposta aos ácaros ou bactérias sobre a pele ou até que pode estar relacionada com a quantidade e tipo de bactérias gastrointestinais.

A rosácea é mais comum em mulheres entre os 30 e os 60 anos, com pele clara e com histórico familiar da doença.

Tratamento caseiro da rosácea

Se bem que a rosácea é de difícil cura, alguns tratamentos caseiros podem ajudar a controlar os sintomas e a reduzir a  vermelhidão.

Cremes e óleos

Os cremes à base de chá verde têm um efeito benéfico sobre a pele com rosácea, ajudando a acalmar a irritação e a inflamação. Também o óleo de rosa mosqueta contém vitaminas E e A, assim como outras vitaminas e minerais que cuidam da pele e contribuem para reduzir a inflamação.

Aplique qualquer um destes produtos na área afetada, uma vez por dia.

Máscara de alface e uvas


Ingredientes

Bagos de uva

Folhas tenras de alface

Preparação

Corte os bagos de uva ao meio e retire as grainhas. Reserve. Escalde as folhas de alface em água fervente, retire e deixe amornar.

Utilização

Passe os bagos de uva sobre o rosto limpo para o impregnar com o sumo. Em seguida, cubra a cara com as folhas mornas de alface e deixe atuar 10 minutos. Retire e enxagúe o rosto com água morna. Seque delicadamente e aplique o seu creme habitual.

Dica: Use protetor solar FPS 30 e reaplique a cada 3 horas quando estiver fora. Proteja o rosto do frio intenso do inverno. Use um cachecol ou lenço, por exemplo, e agasalhe-se de modo a proteger também a cara. Evite alimentos muito fortes e condimentados, que pioram os sintomas. Use sabonetes suaves e produtos de limpeza e loções livres de álcool.

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Tatuagens. São para sempre?

As tatuagens passaram a ser uma moda. Quer sejam discretas ou cubram toda uma parte do corpo, todas as tatuagens contam uma história. Marcar a pele com tinta indelével é uma atitude forte, uma maneira de controlar um corpo que vai escapando ou de gravar para sempre uma lembrança, uma alegria, uma dor. 

Se também você está decidida a fazer uma tatuagem, há algumas regras de ouro que deve ter em conta:


1 - Medite serenamente a decisão de fazer uma tatuagem assim como o desenho, já que este vai fazer parte da sua própria pele.

2 - Faça a tatuagem num estúdio devidamente homologado pelas autoridades de saúde.

3 - Tenha a certeza de que o profissional que a vai tatuar está artisticamente capacitado.

4 - Exija sempre tintas homologadas em Portugal, ou ao menos na Europa.

5 - Tire uma fotografia dos frascos de tinta que forem usados e guarde-a indefinidamente. Assegure-se de que figura a marca do fabricante, o número de registo sanitário, o lote, etc.

6 - A cor vermelha é a que pode chegar a causar mais problemas de intolerância, tanto a curto como a longo prazo.

7 - Contrariamente, a cor negra a partir do carvão é o pigmento mais usado e o mais seguro, sendo raro que cause efeitos adversos.

8 - Por se no futuro deseja apagar a sua tatuagem (acontece mais do que aquilo que imagina!), as tatuagens de cor negra e vermelha são as mais fáceis de apagar, enquanto que  a cor amarela, azul clara e branca são as mais difíceis.

9 - O método mais eficaz e seguro para eliminar uma tatuagem é o laser Q-Switched. Mas lembre-se que nem todos os equipamentos são tecnologicamente iguais, pelo que a sua eficácia não é a mesma.

10 - Os médicos em geral e os dermatologistas em particular, são os profissionais mais qualificados para eliminar as tatuagens com garantias técnicas e sanitárias.

Meditou, ponderou e acabou de fazer uma tatuagem? Então veja como proceder para conseguir que ela fique o mais bonita possível e a cura seja a melhor:


- Siga estritamente os conselhos do tatuador.

- Deixe a venda colocada pelo tatuador durante o tempo indicado por ele. Uma vez retirada a venda não a coloque novamente e deixe a sua pele respirar.

- Para lavar, humedeça a zona tatuada com água morna e sabonete neutro e enxagúe delicadamente.

- Aplique a pomada recomendada pelo tatuador ou dermatologista durante o tempo determinado.

- Hidrate a zona para evitar que a pele pique ou repuxe. O Bepanthol parece ser o hidratante mais usado porque, além de hidratar, também ajuda na cicatrização. Aconselhe-se com o seu tatuador.

- Nunca arranque a crosta que se forma já que isso atrasaria o processo de cicatrização e poderia apagar a cor.

- Evite arranhar a tatuagem ou tocá-la com as mãos sujas.

- Evite os banhos de mar ou piscina durante as primeiras semanas. Mesmo o  duche deve ser de curta duração. Evite também a sauna e os banhos de vapor.

- Evite expor tatuagens recentes ao sol, já que a pele poderia reagir negativamente.

- Durante o período de cicatrização evite ingerir alimentos que lhe possam causar alergias cutâneas como: carne de porco, chocolate, alimentos muito gordos e condimentados, frutos do mar... 

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

Máscaras de inverno para o cabelo

Se quer que durante este inverno o seu cabelo tenha um aspeto impecável e não sofra os estragos causados pelo tempo frio, faça uso das receitas caseiras para o manter saudável e brilhante.

Além de usar o seu champô e amaciador habituais, também é boa ideia que, pelo menos uma vez por semana, mime a sua cabeleira com um tratamento natural. Aqui ficam as três melhores máscaras caseiras para cuidar dos cabelos durante o frio.

Adeus secura excessiva!


Ingredientes

1 ovo
1 colher (de sopa) de azeite
2 colheres (de sopa) de maionese

Preparação

Bata o ovo até obter uma mistura uniforme. Acrescente o azeite e a maionese e volte a bater.

Utilização

Aplique a mistura nos cabelos húmidos e deixe atuar durante 20 minutos. Depois, lave como é habito.

O seu cabelo está danificado? Repare-o!


Ingredientes

Polpa de 1/2 abacate
1 colher (de sopa) de azeite
1 gema de ovo

Preparação

Coloque todos os ingredientes no liquidificador e bata até obter um preparado homogéneo.

Utilização

Aplique no cabelo húmido e deixe atuar durante 30 minutos. Em seguida, lave como é habito.

Um brilho incrível!


Ingredientes

1 colher (de sopa) de óleo de amêndoas doces ou de óleo de girassol

Preparação

Aqueça ligeiramente o óleo em banho-maria.

Utilização

Aplique o óleo aquecido (verifique a temperatura) nos meios e pontas do cabelo. Deixe atuar durante 15 minutos e depois lave como habitualmente.

terça-feira, 25 de novembro de 2014

Os melhores remédios caseiros segundo o Dr. Oz

Quem disse que precisa de uma receita para todos os seus problemas? Ás vezes, um simples remédio caseiro é tudo aquilo de que precisa para se sentir instantaneamente melhor. Aqui fica uma lista dos remédios caseiros preferidos do célebre Dr. Oz para solucionar pequenos problemas do dia a dia. Saiba como aliviar a enxaqueca, dar brilho à pele ou evitar a retenção de líquidos com estas simples receitas.

Remédio caseiro para a enxaqueca


Se costuma sofrer enxaqueca, da próxima vez que lhe acontecer tente uma solução bem cheirosa. O óleo de hortelã-pimenta é um remédio natural, simples e acessível para acabar com este problema.
Aplique uma gota de óleo de hortelã-pimenta nas suas têmporas e deixe atuar durante meia hora. Em seguida lave o rosto. As propriedades anti-inflamatórias da hortelã acalmarão a sua dor de cabeça.

Remédio caseiro para a retenção de líquidos

O dente-de-leão é um diurético leve que a ajudará a livrar-se da água a mais no seu corpo. O chá de dente-de-leão estimula a bílis para ajudar a quebrar os alimentos gordurosos que a fazem ficar inchada.


Ingredientes

1 chávena (de chá) de água a ferver
1 colher (de chá) de folhas secas de dente-de-leão
Mel

Preparação

Deite a água sobre a erva e deixe infundir durante 5 minutos. Coe e adoce com mel.

Utilização

Beba em seguida.

Remédio caseiro para as dores nas costas


Não há nada melhor para aliviar uma dor nas costas que o frio do gelo e o poder anti-inflamatório da hortelã-pimenta. A massagem com óleo gelado de hortelã funciona como um analgésico muito eficaz.
Comece por misturar um copo de água com duas gotas de óleo de hortelã. Congele a mistura numa cuvete. Depois, embrulhe um cubo congelado num lencinho de algodão e peça a alguém que lho passe delicadamente pela zona onde lhe dói. Verá que alivio!

Remédio caseiro para a dor de garganta


Pode preparar um remédio rápido para aliviar uma garganta dolorida ou uma tosse persistente.
Misture 1/4 de colher (de café) de pimenta-de-caiena, 1 colher (de chá) de vinagre de maçã, 2 colheres (de sopa) de água e 1 colher (de sopa) de mel. Tome uma colher da mistura duas vezes por dia.

Remédio caseiro para a insónia


As cerejas contêm uma dose natural de melatonina e ajudá-la-ão a conseguir um sono tranquilo e reparador. Experimente trocar a sua ceia habitual por um copo de sumo de cerejas e durma como um anjo.

Remédio caseiro para a pele apagada


Quer ter uma pele hidratada e brilhante? Não procure mais. No seu frigorífico encontra maionese e a maionese contém óleo de soja que ajuda a manter a elasticidade e dá brilho à pele. 
Aplique maionese no rosto limpo, deixe atuar durante 20 minutos e enxagúe com água morna.

Remédio caseiro para as dores musculares


O queijo azul é um remédio caseiro incrível que reduz a inflamação e alivia as dores musculares. Pode parecer nojento, mas experimente untar um pedaço de queijo azul na zona dolorida. Deixe atuar e verá o resultado surpreendente.

Remédio caseiro para cabelos danificados


O azeite cuida e dá brilho ao cabelo, tornando-o macio e maleável.
Massaje azeite nos meios e pontas do cabelo e cubra a cabeça com uma touca de banho. Deixe atuar durante 10 minutos e depois lave como é habito. Prepare-se para brilhar!

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

Remédios caseiros para a amigdalite

Uma amigdalite é uma infeção das amígdalas causada normalmente por vírus ou bactérias. A dor de garganta e a dor ao engolir são os sintomas mais comuns. À amigdalite também se chama popularmente anginas.


Um remédio caseiro aconselha comer gelado quando se sofre amigdalite porque este alivia os incómodos. Mas existem mais soluções caseiras igualmente simples e eficazes. Veja.

Remédios para gargarejar

Chá de limão, cebola e orégãos

Ingredientes

3 limões, cortados às rodelas
1 cebola, descascada e cortada às rodelas
1 colher de orégãos
1 l de água

Preparação

Ferva os ingredientes na água durante 5 minutos. Deixe arrefecer e coe a mistura.

Utilização

Use o líquido obtido para gargarejar, 2 vezes por dia.

Chá de salva e camomila

Ingredientes

1 colher (de chá) de salva
1 colher (de chá) de camomila
1 chávena (de chá) de água

Preparação

Ferva os ingredientes na água durante 5 minutos. Deixe arrefecer e coe.

Utilização

Use o líquido obtido para gargarejar, 2 vezes por dia.

Limonada com sal

Ingredientes

1 copo de água morna
Sumo de 1 limão
1 colher (de chá) de sal

Preparação

Misture o sumo de limão e o sal na água morna e mexa para que o sal se dilua.

Utilização

Use a mistura para gargarejar, 2 vezes por dia.

Remédio para ingerir

Xarope de figos

Ingredientes

Figos secos
Água
2 colheres (de sopa) de mel

Preparação

Cozinhe vários figos secos numa pouca de água com duas colheres de mel, durante alguns minutos. Triture com a varinha mágica.

Utilização

Tome várias colheres por dia do xarope obtido.

Remédio para aplicar externamente

Cataplasma de leite e argila

Ingredientes

Leite quente
Argila
Um tecido de algodão 
Um tecido de lã

Preparação

Misture leite quente com a argila que baste para obter uma pasta mole. Deite a pasta obtida num tecido de algodão e enrole à volta do pescoço. Em seguida, coloque por cima um tecido de lã, para manter a temperatura. Deixe atuar durante 20 ou 30 minutos, retire e enxagúe o local com água morna. Seque a pele.

Outros conselhos:

* A maioria das pessoas que sofre amigdalite prefere a comida mole ou até mesmo líquida porque causa menos incómodos para ser ingerida que a comida sólida.

* Os fumadores devem renunciar completamente ao tabaco durante o tempo que dure a amigdalite, já que o fumo piora os sintomas e atrasa a cura da doença.

* Um sistema imunitário forte ajuda a prevenir infeções. Por isso é importante praticar uma alimentação saudável, fazer exercício regularmente e evitar o stress, para fortalecer as defesas e ajudar a manter uma boa saúde.

* Uma amigdalite pode complicar-se. Se os sintomas não melhoram rapidamente, consulte o seu médico.

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Sumoterapia para emagrecer - o plano de 3 dias de Joe Cross (Dr. Oz)

Há apenas dois anos atrás Joe Cross era, nas suas próprias palavras, gordo, doente e quase morto. Para salvar a própria vida, Joe decidiu fazer algo radical: 60 dias de sumoterapia. Para que também você se possa beneficiar dos sumos, Joe Cross criou para si um fim de semana de três dias de sumoterapia. Vamos a isso?

Documentalista e defensor da saúde, Joe Cross descobriu um corpo são e uma vida nova após 60 dias bebendo apenas sumos de frutas e vegetais frescos. Quando Cross começou a filmar Fat, Sick and Nearly Dead, ele pesava cerca de 45 quilos mais do que devia, tomava medicamentos e sofria de uma doença auto imune. Então, decidiu alterar drasticamente o seu estilo de vida e começou a procurar a capacidade de cura do próprio corpo através da sumoterapia. Os resultados foram animadores: Cross perdeu peso, ganhou saúde e deixou para trás os medicamentos. Agora procura espalhar a sua mensagem e o sucesso da sua jornada pessoal.

Ora, o que é que a dieta dos sumos traria de bom para nós?

Segundo o Dr. Fuhrman, autor de The Super Immunity Diet, o sumo ajuda a desencadear o poder de cura natural do corpo e inunda-o de poderosos nutrientes e antioxidantes. Também pode ajudar a treinar o paladar para apreciar frutas e vegetais saudáveis, tornando-se num primeiro passo para uma mudança para um estilo de vida mais saudável. O Dr. Fuhrman também diz que o sumo pode ser benéfico para as pessoas com o colesterol elevado e a pressão arterial alta, e também para aquelas que sofrem de artrite, problemas digestivos e doenças de pele.

Enquanto que 60 dias de sumoterapia é algo extremo e nunca pode ser feito sem o acompanhamento de um médico, o consumo de sumos durante um espaço curto de tempo pode ser benéfico.

Nota: antes de iniciar este tratamento certifique-se que não sofre de nenhuma condição médica, como por exemplo diabetes. Mulheres grávidas e a amamentar também não o devem fazer.

Para a ajudar a colher todos os benefícios dos sumos, Cross criou para si um fim de semana de três dias de sumoterapia, que você pode fazer com ingredientes simples que tem em casa. Mas antes de começar há algumas regras que deve observar.

Antes de tudo:

Comece por "lavar" o seu corpo e "limpar" a sua dieta durante dois dias antes.

Instruções:

Manhã: beba 1 copo de água quente com sumo de limão e uma pitada de gengibre.

Elimine: toda a cafeína, açúcar, carne vermelha, lácteos e comida processada. Concentre-se em frutas, verduras e proteína magra.

Noite: beba 1 chávena quente de chá de ervas.

Durante os 3 dias do tratamento: continue a começar o seu dia com a água quente com limão e gengibre e a terminar o dia com uma chávena quente de chá de ervas.

3 dias de sumoterapia: o que beber e o que comer

Durante 3 dias você vai beber um total de 5 sumos por dia e comer uma refeição que consistirá apenas em frutas e legumes.

Plano para os 3 dias de sumoterapia:



Sumo do pequeno-almoço: cenoura com maçã e gengibre.
Sumo do meio da manhã: suco verde.
Sumo do almoço: gazpacho.
Sumo da tarde: sumo verde inesperado.
Sumo do pré-jantar: pôr-do-sol.

Jantar: comer no fim do dia é essencial durante este período de 3 dias de dieta de sumos. Tal fará com que você se sinta saciada e assim evite cair em tentação. As refeições devem consistir apenas em frutas e verduras.

Depois de tudo:

Após os 3 dias de sumoterapia é importante que continue a comer de forma saudável, evitando os alimentos que possam "chocar" o seu corpo, como a comida processada por exemplo. Pode e deve começar novamente a fazer três refeições principais por dia, mas continue a ter pelo menos um sumo durante o dia. Tente fazer do lanche da tarde o momento do seu sumo fresco, por exemplo.

terça-feira, 18 de novembro de 2014

Toalhitas húmidas multiusos feitas em casa

Crie facilmente umas toalhitas húmidas com coisas que tem em casa.

Se é como eu saberá como as toalhitas húmidas são práticas, capazes de solucionar instantaneamente um sem fim de problemas, desde umas mãos sujas a umas axilas transpiradas ou um rosto suado. São também uma forma eficaz de tornar mais simples e rápida a sua rotina de beleza, especialmente se tem pouco tempo para ela. Se quer uma opção fácil para obter toalhitas húmidas, sugiro-lhe que as faça você mesma. É simples. Veja a seguir.

Vai precisar de:

1 rolo de papel absorvente (quanto mais resistente melhor)
2 chávenas (de chá) de água quente
2 colheres (de sopa) de óleo Johnson`s
1 colher (de sopa) de champô Johnson`s
1 recipiente redondo de plástico para pôr as toalhitas

Como fazer:

Corte o rolo de papel absorvente ao meio. Tome uma das metades e coloque-a dentro do recipiente de plástico, limpo. Misture a água quente com o óleo e o champô para bebés.


Acrescente a mistura às toalhitas, cuidadosamente, assegurando-se de que molha bem todo o papel. Deixe repousar durante 10 minutos e depois retire o tubo de cartão que se encontra no meio do rolo, com cuidado. Deixe repousar durante 30 minutos. 

Do centro, puxe uma toalhita para que as possa ir utilizando, tal como se as tivesse comprado no supermercado.

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

Dieta rápida do Dr. Oz

Preste atenção aos conselhos do Dr. Oz para perder peso, tenha em conta os alimentos recomendados, os alimentos proibidos, os truques que a podem ajudar e, em apenas 2 semanas, veja os números a descer na sua balança.


Menu diário recomendado

Pequeno-almoço

Comece o dia bebendo 1 copo de água morna com o sumo de 1/2 limão.

Prepare um delicioso batido com estes ingredientes: 2 colheres de pó de proteína de arroz, 1 colherzinha de sementes de linhaça, 1/2 chávena de bagas congeladas, 1/2 banana e 1 chávena de leite de amêndoas sem açúcar.

Bebidas permitidas durante o dia

Beba água e chá verde (sem açúcar) durante o dia todo.

Almoço e jantar

Proteínas: 1 porção de 170 g de carne, frango, peru ou peixe por dia.

Hidratos de carbono: 1/2 chávena de arroz cozinhado por dia.

Gorduras: consuma gorduras saudáveis como o azeite virgem e o abacate. Mas com moderação.

Verduras: consuma todas as verduras de baixo índice glicémico que quiser, por exemplo, bróculos, beringela, couve-flor, rúcula, alface, pimento vermelho e verde, feijão verde....

Snacks

Quando a fome a atacar pode comer hummus, picles, 1 punhado de frutos secos ou 1 chávena de iogurte grego sem gordura.

Alimentos proibidos

- Trigo (menos o arroz)

- Adoçantes artificiais (isto inclui todos os refrigerantes, mesmo os de dieta)

- Açúcar

- Álcool

- Cafeína (menos o chá verde)

- Lácteos (menos o iogurte grego sem gordura)

Outras coisas que deve fazer todos os dias

Tomar probióticos durante a manhã.

Tomar um banho de desintoxicação à noite (colocar na banheira 1 chávena de Sais de Epsom).

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

Remédios caseiros para a tosse seca

As avós têm remédios para tudo, até para a tosse seca. Aprenda aqui a receita de um xarope de cebola e outros truques que deveras a ajudarão a acalmar essa incomodativa tosse.

Xarope de cebola

Este xarope para a tosse é uma receita muito antiga. Já o experimentou? As cebolas são um adstringente natural e podem curar a tosse. Além disso, são um alimento sem perigos, pelo que experimentar este xarope não lhe causará prejuízos. Muito pelo contrário.


Ingredientes

4 chávenas (de chá) de cebolas picadas
4 chávenas (de chá) de água
2 + 1/4 chávenas (de chá) de açúcar amarelo
6 colheres (de sopa) de mel

Preparação

Misture todos os ingredientes numa caçarola e tape. Leve ao lume e quando começar a ferver reduza a chama. Deixe ferver em lume brando até que o líquido reduza e fique com uma consistência parecida a xarope. (Demora algum tempo. Não deixe o lume sem vigilância). Coe a mistura e guarde o xarope obtido num frasco de vidro limpo e com tampa. Conserve no frigorífico.

Utilização

Tome 1 colher (de sopa) deste xarope quando seja necessário.

Outros conselhos das avós:

Sopa de tomilho



Para acabar com a tosse seca, as avós recomendam consumir tomilho. A sopa de tomilho é uma boa opção. Ferva um raminho de tomilho numa pouca de água durante 3 minutos. Acrescente uma fatia de pão integral, uma pitada de sal e um pingo de azeite virgem extra. Mexa bem e a sopa está pronta. E, sabe que mais? As avós tinham razão quanto a este remédio. O tomilho é um expectorante natural e tem substâncias que relaxam o seu sistema respiratório. Segundo vários estudos, o tomilho pode ajudar a aliviar a bronquite crónica.

Chocolate escuro



De certeza que este é o remédio mais doce das avós. Durante os meses frios, as avós costumavam dar às crianças uma deliciosa chávena de chocolate quente para prevenir a tosse. Segundo um estudo britânico, o chocolate escuro tem uma substância chamada teobromina que ajuda a curar a tosse. Recomenda-se uma "dose" de 2 quadradinhos para os adultos e 1 quadradinho de chocolate escuro para as crianças. Como remédio, claro. Não aproveite os benefícios como uma desculpa para se empanturrar. Tal não é válido nem aconselhável.

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Chá caseiro para aliviar a asma

A mãe natureza tem todo um arsenal de ingredientes que podem ser muito úteis para ajudar a aliviar os sintomas da asma. Alguns deles como o gengibre, o limão e o mel estão na sua despensa, ao seu alcance.

O chá de gengibre é uma alternativa natural para aliviar os sintomas da asma. Alguns dos seus componentes terão, segundo investigadores da Universidade de Colúmbia, um efeito broncodilatador que ajuda a respirar melhor. Este efeito dever-se-ia à sua ação para inibir uma enzima que faz que os músculos das vias respiratórias se contraiam e ao mesmo tempo ativaria outra enzima que relaxa as vias respiratórias.


Ingredientes para o chá:

1 chávena (de chá) de água
1 colher (de chá) de raiz de gengibre ralada
1 saqueta de chá de ervas
1 rodela de limão 
1 colher (de chá) de mel

Como preparar o chá:

Leve a água a ferver, reduza o lume e acrescente o gengibre ralado. Cozinhe em lume brando durante 10 minutos. Apague o lume. Acrescente a saqueta de chá de ervas, deixe repousar 2 ou 3 minutos e coe a mistura. Acrescente a rodela de limão para aumentar os benefícios do chá e também para dar mais sabor.

Como beber o chá:

Adoce com o mel e beba quente.

Asma - uma questão de hábitos

As pessoas asmáticas devem incorporar à sua rotina diária uma série de hábitos que lhes tornarão a vida mais fácil. Assim, desde o inicio, algumas pequenas regras evitarão possíveis crises e sobressaltos. Simples assim.


Medidas pessoais

- Seja constante e mantenha o seu tratamento seguindo rigorosamente as recomendações do seu médico.

- Saiba que medicamentos deve tomar, como e quando os deve tomar.

- Mantenha-se fora do alcance do fumo do cigarro.

- Na medida do possível, evite aquilo que lhe causa alergia.

Medidas em casa

- Durante a época de pólen mantenha as janelas fechadas.

- Evite carpetes e móveis forrados com tecido.

- Ventile bem todos os espaços da casa.

- Lave semanalmente as almofadas e os lençóis em água quente.

- Prescinda da vassoura e use o aspirador.

- Mantenha os animais bem limpos e fora do seu quarto, e, na medida do possível, mantenha-os fora de casa.

- Evite as plantas, sobretudo no quarto.

Medidas fora de casa

- Procure não sair nas horas de maior concentração de pólen.

- Durante esta época, evite as saídas ao campo ou deitar-se sobre a relva.

- Em caso de necessidade, use uma máscara com filtro de ar.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...