Avançar para o conteúdo principal

Espigões, como removê-los e evità-los

As pessoas com as cutículas muito duras costumam sofrer espigões, esses pequenos fragmentos de pele levantada ao lado das unhas. E apesar de não serem preocupantes, os espigões doem e fazem as mãos parecer descuidadas. Além disso, a pele dos espigões prende-se nas meias e outros tecidos - como seda - deixando fios puxados e causando uma sensação muito desagradável nos dedos. Para os amolecer, é boa ideia aplicar diariamente uma camada grossa de vaselina sobre eles e deixá-la atuar durante um quarto de hora. A seguir, convém mergulhar as unhas em água quente (mas que não queime) durante uns cinco minutos. Desaparecerão. Evite cortá-los com a tesoura ou, no caso de roer as unhas, arrancá-los com os dentes.



Faça da hidratação um hábito. Para impedir a formação de espigões é necessário hidratar as cutículas diariamente. Assim, cada vez que aplicar hidratante nas suas mãos, dedique também alguns minutos a massajar as cutículas. Quanto mais hidratada estiver a pele, mais difícil é que lhe saiam os temidos espigões. Já sabe.