sexta-feira, 12 de maio de 2017

Espigões, como removê-los e evità-los

As pessoas com as cutículas muito duras costumam sofrer espigões, esses pequenos fragmentos de pele levantada ao lado das unhas. E apesar de não serem preocupantes, os espigões doem e fazem as mãos parecer descuidadas. Além disso, a pele dos espigões prende-se nas meias e outros tecidos - como seda - deixando fios puxados e causando uma sensação muito desagradável nos dedos. Para os amolecer, é boa ideia aplicar diariamente uma camada grossa de vaselina sobre eles e deixá-la atuar durante um quarto de hora. A seguir, convém mergulhar as unhas em água quente (mas que não queime) durante uns cinco minutos. Desaparecerão. Evite cortá-los com a tesoura ou, no caso de roer as unhas, arrancá-los com os dentes.


Faça da hidratação um hábito. Para impedir a formação de espigões é necessário hidratar as cutículas diariamente. Assim, cada vez que aplicar hidratante nas suas mãos, dedique também alguns minutos a massajar as cutículas. Quanto mais hidratada estiver a pele, mais difícil é que lhe saiam os temidos espigões. Já sabe.

2 comentários:

  1. És uma santa, Isabel!
    Com os teus procedimentos,
    A gente encontra elementos
    De curas. Tu és fiel

    A todos, no teu papel!
    Entre emplastos e unguentos,
    Só nos falta os "benzimentos",
    Escalda-pés e o mel

    Para a glória do saber
    Terapêutico do ser
    Humano pre-medicina.

    Cumpres mais que um dever,
    "Santa Izabel"! Tens poder
    De Santa Luz que ensina.

    Grande abraço. Laerte.

    ResponderEliminar
  2. Não posso crer, Isabel! Verdade? Vou já experimentar hoje mesmo, embora amanhã, tenha manicura marcada.

    Beijinhos e bom domingo.

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...